Bule Cheio

O PROGRAMA

Criado em 2010 pelo Senar-Rio, o Bule Cheio é um programa que tem como objetivo promover a viabilidade econômica de propriedades através do treinamento de técnicos no processo de transferência de tecnologia para produção intensiva de café.

 

QUEM ATENDE?

O público-alvo do Bule Cheio é formado por técnicos e produtores que são treinados para aplicar novas tecnologias na lavoura de café e para passar conceitos de gerenciamento à propriedade.

 

COMO FUNCIONA?

A metodologia utilizada, semelhante a outro programa de sucesso do Senar-Rio, o Balde Cheio, é a do trabalho prático. Uma propriedade é transformada em uma Unidade de Demonstrativa, o que permite que todos os envolvidos no projeto troquem experiências práticas e que outros produtores possam acompanhar o trabalho.

 

QUAIS AS PRINCIPAIS TÉCNICAS UTILIZADAS?

Dentro do projeto está previsto a análise do solo, avaliação da idade dos cafezais, o espaçamento entre os pés, a variedade das mudas e a infraestrutura da propriedade. Todo trabalho é desenvolvido com intuito de melhorar a qualidade do café e aumentar a rentabilidade do produtor.

 

COMO ENTRAR NO PROGRAMA?

Produtores e Técnicos interessados em participar do Bule Cheio devem entrar em contato com o coordenador do projeto Hugo pelo e-mail: hugo@senar-rio.com.br

LER TODAS AS NOTÍCIAS
Portaria Nº1.129 do Ministério do Trabalho – Conceitos de trabalho forçado, jornada exaustiva e condições análogas à de escravo para fins de concessão de seguro-desemprego

Portaria Nº1.129 do Ministério do Trabalho – Conceitos de trabalho forçado, jornada exaustiva e condições análogas à de escravo para fins de concessão de seguro-desemprego

Foi  publicada hoje no Diário Oficial da União (DOU de 16/10/2017 Seção I Pág.82) a Portaria Nº1.129 (de 13 de outubro de 2017) do Ministério do Trabalho, que dispõe sobre os conceitos de trabalho forçado, jornada exaustiva e condições análogas à de escravo para fins de concessão de seguro-desemprego ao trabalhador que vier a ser […]